sexta-feira, 13 de janeiro de 2017



DEPENDÊNCIA DE DEUS
"Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece".
Romanos 9:16
O significado da palavra DEPENDÊNCIA, é subordinação, sujeição. Quando nós falamos que dependemos de uma pessoa de um objeto, quer dizer que precisamos daquela pessoa ou daquele objeto para realizar algo.
Existe dependência das coisas do mundo e a DEPENDÊNCIA DE DEUS.
Estar na dependência do mundo, é como dizem por aí é ser engraçadinho (a), é zombar de Deus.
Estar na dependência de Deus é ser fiel é a melhor coisa que uma pessoa pode fazer, pois não há nada mais gratificante do que estar em sua presença.
No mundo em que vivemos, vemos gente dependendo de muitas coisas, mas não dependendo de Deus; gente dependendo dos seus próprios desejos. Estes brincam de ser cristão falam que são, mas nas entrelinhas de suas falas sempre se encontra a sutileza do inimigo.
SER DEPENDENTE DE DEUS NUNCA SE SENTE DESAMPARADO E ABANDONADO.
A Bíblia narra no livro de Êxodo, capitulo 13, a saída do povo de Deus do Egito, e se você ler essa passagem, você vai perceber à medida que o povo ia caminhando, Deus estava sempre com eles.  A Bíblia conta no livro de Daniel, a história de Hananias, Misael e Azarias. Esses três homens, juntamente com Daniel, foram levados para a Babilônia e tiveram seus nomes mudados para Sadraque, Mesaque e Abede-nego. Em Daniel capitulo 3, a Bíblia fala que o rei Nabucodonosor fez um decreto obrigando á todos adorarem uma estátua de ouro que ele tinha feio todos adoraram essa imagem, menos Sadraque, Mesaque e Abede-nego. Quando o rei soube disso, ficou furioso, mandou aquecer a fornalha de fogo ardente sete vezes mais e mandou jogar esses três homens lá. Mas em dado momento, o rei olhou para fornalha e perguntou aos seus homens se eram realmente três que foram lançados e os homens confirmaram. O rei falou: "Eis que vejo quatro homens soltos andando". Quando mandaram Sadraque, Mesaque e Abede-nego sair, não havia nenhum chamuscado, não havia cheiro de queimado nem nada neles, sabe por quê ??, porque Deus estava com eles.
QUANDO VOCÊ ESTÁ NA DEPENDÊNCIA DE DEUS, VOCÊ ESTÁ PROTEGIDO.
EU PEÇO PARA O BONDOSO DEUS QUE EM 2017 A MINHA DEPENDÊNCIA ESTEJA EM SUAS MÃOS. E VOCÊ?


DEPENDÊNCIA DE DEUS
"Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece".
Romanos 9:16
O significado da palavra DEPENDÊNCIA, é subordinação, sujeição. Quando nós falamos que dependemos de uma pessoa de um objeto, quer dizer que precisamos daquela pessoa ou daquele objeto para realizar algo.
Existe dependência das coisas do mundo e a DEPENDÊNCIA DE DEUS.
Estar na dependência do mundo, é como dizem por aí é ser engraçadinho (a), é zombar de Deus.
Estar na dependência de Deus é ser fiel é a melhor coisa que uma pessoa pode fazer, pois não há nada mais gratificante do que estar em sua presença.
No mundo em que vivemos, vemos gente dependendo de muitas coisas, mas não dependendo de Deus; gente dependendo dos seus próprios desejos. Estes brincam de ser cristão falam que são, mas nas entrelinhas de suas falas sempre se encontra a sutileza do inimigo.
SER DEPENDENTE DE DEUS NUNCA SE SENTE DESAMPARADO E ABANDONADO.
A Bíblia narra no livro de Êxodo, capitulo 13, a saída do povo de Deus do Egito, e se você ler essa passagem, você vai perceber à medida que o povo ia caminhando, Deus estava sempre com eles.  A Bíblia conta no livro de Daniel, a história de Hananias, Misael e Azarias. Esses três homens, juntamente com Daniel, foram levados para a Babilônia e tiveram seus nomes mudados para Sadraque, Mesaque e Abede-nego. Em Daniel capitulo 3, a Bíblia fala que o rei Nabucodonosor fez um decreto obrigando á todos adorarem uma estátua de ouro que ele tinha feio todos adoraram essa imagem, menos Sadraque, Mesaque e Abede-nego. Quando o rei soube disso, ficou furioso, mandou aquecer a fornalha de fogo ardente sete vezes mais e mandou jogar esses três homens lá. Mas em dado momento, o rei olhou para fornalha e perguntou aos seus homens se eram realmente três que foram lançados e os homens confirmaram. O rei falou: "Eis que vejo quatro homens soltos andando". Quando mandaram Sadraque, Mesaque e Abede-nego sair, não havia nenhum chamuscado, não havia cheiro de queimado nem nada neles, sabe por quê ??, porque Deus estava com eles.
QUANDO VOCÊ ESTÁ NA DEPENDÊNCIA DE DEUS, VOCÊ ESTÁ PROTEGIDO.
EU PEÇO PARA O BONDOSO DEUS QUE EM 2017 A MINHA DEPENDÊNCIA ESTEJA EM SUAS MÃOS. E VOCÊ?

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

UMA ÓTIMA REFLEXÃO PARA A IGREJA CRISTÃ.
Por André de Oliveira
Somos seres sociais, necessitamos do convívio em grupo. A formação de um grupo se dá pelas afinidades, gostos, idade, condições socioeconômicas, enfim, pelo compartilhamento de algo em comum. Na igreja, como um agrupamento de pessoas, nada mais normal que haja grupos, mas o problema está quando grupos demasiadamente fechados. Os Grupos não abrem espaço aos novos, o que me faz remeter ao autor Norbert Elias, em seu livro "Os estabelecidos e os Outsiders" que mostra claramente essa problemática, em seu livro uma comunidade de estabelecidos (moradores há gerações na localidade) estigmatizam um grupo de Outsiders (recentes moradores). Elias concentra esforços em compreender a psicologia desses atores sociais. Pois bem, abrindo mão do sociólogo e rumando para nosso maior referencial, Jesus Cristo, que resumiu todos os mandamentos em um só "Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.” (Jo 13:34). Nesse versículo, Jesus deixa claro a importância do amor, tarefa difícil, mas fundamental na peregrinação do cristão, buscar a cada dia um amor sublime por seus semelhantes, da mesma forma entre irmãos, na igreja, onde devemos ser um só corpo, unidos, amando nosso irmão, como Cristo nos amou. Como cristãos devemos fugir dos grupos fechados, não criar barreiras aos novos, pelo contrário, acolher os novos irmãos, para que não sejam acolhidos pelo mundo, na igreja, embora todos tenham suas particularidades e diferenças, devemos pensar como uma unidade, como Paulo exorta aos Gálatas: "Não pode haver judeu nem grego; escravo nem liberto; nem homem nem mulher, porque todos vós sois um em Cristo Jesus” (Gal 3:28). Quão doloroso é vermos jovens cristãos fracos, sem vontade alguma de congregar, porque são rejeitados pelos grupos fechados. Também acerca das consequências dos grupos fechados, está a condenação das pessoas não cristãs, quantos que vão visitar uma nova igreja e não são bem recebidos, entristecem e nunca mais retornam? Tamanha é a responsabilidade de criar na igreja um ambiente afetuoso, receptivo e que sobre amor. Que não haja divisões dentro de nossas igrejas como houve na Igreja de Corinto, aos quais Paulo exorta: "Irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo suplico a todos vocês que concordem uns com os outros no que falam, para que não haja divisões entre vocês; antes, que todos estejam unidos num só pensamento e num só parecer." (1 Cor 1:10), mais adiante (1 Cor 3:1-3), Paulo refere-se aos Coríntios como carnais e crianças espiritualmente. Não sou utópico em pensar que abriremos mãos de nossos gostos, particularidades e teremos uma afinidade da mesma forma com todos à nossa volta, até mesmo os apóstolos Pedro, Tiago e João, possuíam afinidades entre si, os três eram pescadores, cresceram no mesmo meio social, tinham a mesma linguagem, cultura, mas isso não os deu direito de excluírem os demais apóstolos, Jesus tinha uma relação igual com todos, mesmo cada um possuindo uma identidade distinta Por fim, pensemos, será que Jesus aprovaria a divisão da igreja em pequenos grupos que segrega, exclui e menospreza àqueles que não são aceitos? Devemos fazer parte de uma igreja, ter comunhão entre os irmãos, não só porque é uma exigência das Escrituras, mas porque lá louvaremos a Deus, e isso é o mais importante de tudo, mas quão bom é uma igreja que nos faz sentir felizes e amados... Em relação aos "rejeitados" pelos grupos fechados, buscai conforto em Cristo, que com certeza os aliviará, não olhemos para o que já foi, mas prossigamos para o alvo, mantendo-nos firmes até o dia em que dormiremos e ouviremos o soar da trombeta, e viveremos com Cristo eternamente em seu Reino de Glória.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

A MÃO AMIGA ESTÁ ESTENDIDA PARA VOCÊ

A MÃO AMIGA ESTÁ ESTENDIDA PARA VOCÊ

A mão amiga esta estendida para você. A mão amiga se colocará sobre os seus ombros para dizer-lhe o quanto o ama e como deseja ver você alegre e feliz.

A mão amiga está cheia de amor e quer que voçe sinta o calor de sua presença. Ela trará paz e segurança ao seu coração e lhe dará a convicção de que você tem razão para confiar nela.

quando você esta triste, ela é consolo; quando desanimado, ela é estimulo; quando fraco, ela é força; quando doente, é saúde; quando preso, é liberdade.

Que mão é essa?

É a mão do nosso Pai Celestial, sempre pronta para socorrer, para amparar, para livrar, para curar, para abrir as portas que oferecem novas oportunidades.

Abrindo a Bíblia no livro do profeta Isaías, no capitulo 59, versículo Um, lemos: "Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir". Ouça este versículo da Palavra de Deus: " ... lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós"(IPedro5:7).

Se você almeja maiores esclarecimentos e deseja nosso apoio espiritual, e oração, E é a você, amigo (a). Que convidamos para participar de um dos nossos cultos, para que possamos louvar a Deus juntos, será um prazer para - nós. Este amigo vai dar a você a tranquilidade, e a segurança e a paz de espírito que todos desejamos. Deus o abençoe!

CULTOS 1º-2º-3º e 5º DOMINGOS DO MÊS AS 09h00min, e 4ºDOMINGO DO MÊS AS 19h30min.

ESPERO POR VOCÊ.



quarta-feira, 26 de outubro de 2016



Como devo amar a Deus?

"Amarás pois o senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força." (Mc 12:28-34). Entendemos, que as nossas declarações de amor a Deus devem ser fruto de uma vida de obediência a Ele, e que as vezes isso vai custar alguns sacrifícios...
Mas como devo amar a Deus? Amar a Deus exigir muito de nós, é uma entrega total de seus sentimentos, anseios, desejos e sonhos. E quando isso acontece, faz com que as nossas declarações de amor sejam verdadeiras e cheias de um sentimento puro, santo e agradável. E com certeza, transforma a nossa vida e a de quem ouve, pois passa a entender, que é possível amar a Deus de uma maneira toda especial, sem hipocrisia e fingimento, mais em espírito e em verdade.
No texto de Mc 12:28-34, Jesus ensina com devemos amá-lo, como é importante cumprir esse mandamento, que é chamado nessa passagem de " O Grande Mandamento". Ele nos ensina que amar a Deus exige:
1-Todo coração: a sede dos sentimentos e da motivação (Sl:6-1).
2-Toda alma: a vitalidade e o tempo integrado (Sl :84-2 e Cl: 3:1-4).
3-Todo o entendimento: a inteligência (Rm:12:2 , 1Co 2:16 e Fl: 4:8).
4-Toda força: a vontade e o esforço (Agostinho declarou: ama a Deus e faze o que queres, porque purifica as intenções).
5- Amar o próximo como a si mesmo.
O interessante é que nesse texto o escriba complementa o que Jesus nos ensinou, dizendo que amar o nosso próximo como a nós mesmos, é o mesmo que amá-lo. (1Jo: 4.20).
O próprio Deus nos deu a receita de como devemos
amá-lo e ainda nos ensinou o primeiro mandamento: amarás o teu Deus de toda ..., não se separa do segundo que é: amarás o teu próximo como a ti mesmo, e que não a sacrifícios e nem votos ,nem "santidade" que sejam maior do que amá-lo dessa forma que ele nos ensinou. Que o nosso amor pelo mestre em amar, exceda a todos os holocaustos e sacrifícios.